"Criador de múltiplas influências, que começou com

a guitarra elétrica, passando na sua juventude do rock

progressivo ao rock instrumental e ao jazz fusion, para logo  interessar-se na música tradicional indiana e na música

antiga, antes de encontrar na música contemporânea

o seu verdadeiro campo de expressão".

[Accents – Ensemble Intercontemporain Webmag, Jéremie Szpirglas]

EN     FR     ES     BR

As obras de Aurélio Edler-Copes são conhecidas por sua intensidade, dinamismo e grande força dramática. Sua pesquisa artística levou-o a explorar a fusão entre instrumentos acústicos e elétricos a través de dispositivos eletrônicos analógicos e digitais em tempo real.

 

Criador de intensa atividade, ele colabora regularmente com solistas e ensembles de renome (Ensemble Intercontemporain, Klangforum Wien, MusikFabrik, United Instriments of Lucilin, Quatuor Diotima Quatuor Bela, Nieuw Ensemble, L'Itinéraire, Mosaik, Vortex, Taller Sonoro, Orquestras de Bilbao, País Basco, São Paulo, de Minas Gerais, Lorraine, etc.) e foi premiado em uma trintena de concursos internacionais de composição, entre os quais o "Prêmio de Roma" do Ministério das Relações Exteriores da Espanha, o New Forum Jeune Création ou o Prix Georges Wildestein da Academia de Belas Artes da França.

 

Ele foi compositor em residência na Real Academia de Espanha em Roma, na Academia de França em Madrid-Casa de Velázquez, e no KulturKontakt-Chancelaria Federal da Áustria, em Viena. Trabalhou também em residência de criação no IRCAM, GMEM, GRAME, SCRIME, Fundação Phonos, Fundação Royaumont e junto ao Ensemble Taller Sonoro, dentro del Programa Ibermúsicas. Foi co-fundador e diretor artístico do Krater Ensemble e compositor associado do Cie. Éclats. Atualmente é co-curador da série de concertos radiofônicos Live.Bazar em Paris.

 

Além de seu trabalho como compositor, Aurélio Edler-Copes atua regularmente como intérprete de eletrônica e guitarra nas suas peças e nos programas que as acompanham, vinculando o repertório contemporâneo para guitarra elétrica e eletrônica con suas proprias criações. É o caso de suas recentes colaborações com o United Instruments de Lucilin, L'Itinéraire, Bazar Électrique e Orquestra da Ulbra. Em 2017, lançou IN C+50, seu primeiro CD solo, que traz uma nova versão de In C, de Terry Riley, para guitarra elétrica, 17 delays virtuais e espacialização de 8 canais, além de uma nova criação sua, In Resonance, para o mesmo dispositivo. IN C+50 foi apresentado em concertos na França, Áustria, Espanha, Suécia e Brasil.

 

Aurélio Edler-Copes é bacharel em violão com Daniel Wolff, na Universidade Federal do Rio Grande do Sul, e em composição com Gabriel Erkoreka no Centro Superior de Música do País Basco-Musikene. Realizou um mestrado em Composição na Hochschule der Künst Bern (HKB) com Georges Aperghis, e especializou-se em música eletrônica no CURSUS anual de Composição e Informática Musical no IRCAM-Centre Pompidou Paris. Ele é coordenador do departamento de criação e professor de composição e eletrônica no Conservatório Departamental de Clamart. Suas obras são editados por Babel Scores.

  • Facebook - Black Circle
  • YouTube - Black Circle
  • SoundCloud - Black Circle

© 2020, AEC